Os fundadores da Google, Larry Page e Sergey Brin, abandonaram os cargos de CEO e de presidente da Alphabet, empresa que detém a participação na Google e em todas as outras subsidiárias.

Larry e Sergey comunicaram que se vão manter na administração da Alphabet e claro como acionistas de referência.

Sundar Pichai, que ocupa o cargo de CEO da Google desde 2015, passará a ser o novo CEO da Alphabet.

Numa declaração conjunta, os fundadores da Google justificam a decisão com o facto de ser o momento certo para simplificar a estrutura de gestão.

Fonte: supertoast.pt